• Programa de Estágio
  • Banner recadastramento
  • Certidão de ocorrência via e-mail

Interior

07/12/2017 15:20

Duas pessoas são presas em João Dourado

As polícias Civil e Militar deflagraram, nesta quinta-feira (7), na cidade de João Dourado, distante 453 quilômetros de Salvador, a “Operação Âncora”, para o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão. Duas pessoas foram presas em flagrante e drogas, armas, celulares, veículos, notas promissórias e cheques foram apreendidos.
De acordo com o delegado Ernandes Reis Santos Júnior, responsável pela 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Irecê, o objetivo da operação era dar continuidade à repressão ao tráfico de drogas, homicídios, roubos e à comercialização clandestina de armas na região.
Alan Dourado Sampaio, com 200 gramas de drogas diversas e 11 aparelhos de celular, e Aparecido Cardoso da Mota, o “Aparecido Cigano”, com mais de 50 notas promissórias e diversas folhas de cheque, totalizando mais de R$ 170 mil, foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia Territorial (DT) de João Dourado.
O traficante Vagner Ferreira Queiroz, o “Vagner Guiné”, cuja residência era alvo de um mandado de busca e apreensão, reagiu à presença da polícia e atirou contra uma guarnição PM da Cipe Semiárido. Houve confronto e “Guiné” acabou ferido na troca de tiros. Ele foi socorrido ao Hospital Municipal de João Dourado, mas não resistiu e morreu.
Na residência do traficante, os policiais apreenderam o revólver calibre 38, usado por ele, dois quilos de maconha e outras 50 trouxinhas da mesma droga, além de cinco pinos de cocaína e um veículo Chevrolet Ágile. “Guiné” é apontado como um dos principais traficantes de drogas na cidade e suspeito de envolvimento em assaltos no município.
Alan Sampaio, autuado por tráfico de drogas, e “Aparecido Cigano”, pelos crimes de agiotagem e extorsão, se encontram custodiados na DT/João Dourado aguardando serem recambiados para a Coorpin/Irecê e, em seguida, para o sistema prisional. Todo o material apreendido foi encaminhado para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).
Participaram da Operação Âncora, as equipes da 14ª Coorpin, das delegacias de João Dourado, Irecê, Canarana, Barra, Central e Ibitita, da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), pela Polícia Civil, e Cipe Semiárido, Rondesp Chapada, CETO Irecê e 7º BPM Irecê/João Dourado, pela Polícia Militar.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.