DELEGACIA DIGITAL
ANTECEDENTES CRIMINAIS
Emita aqui o seu Certificado
INTRANET PC
Acesso à intranet da Polícia Civil
BUSCAR DELEGACIAS
Saiba onde registrar sua ocorrência policial
Disque DENÚNCIA
Notícias
Matador do tráfico já está preso na 21ª DT


Três dias após ter cometido mais um assassinato em São Francisco do Conde, o traficante Marcelo Carvalho Araújo, o “Galego”, de 31 anos, foi preso, na quarta-feira (2), no distrito de Caipe de Baixo, onde na madrugada de domingo (29) ele matou a tiros Milton de Souza Bispo, com o qual se desentendera, dias antes, durante uma seresta. O crime ocorreu dentro da casa da vítima que, segundo o Serviço de Investigação (SI) da 21ª Delegacia Territorial (DT), fazia parte da quadrilha do criminoso.
Com o revólver, calibre 38, utilizado para assassinar Milton, no domingo, “Galego” também matou o traficante Gileno Tavares de Lima, no dia 4 de abril, em Caipe de Baixo, e outro traficante rival, de prenome Gustavo, crime ocorrido, há dois meses, na cidade de Candeias. Em 11 de fevereiro deste ano Marcelo violentou uma adolescente no distrito de Muribeca, em São Francisco do Conde.
O delegado Bruno Oliveira, titular da 21ª DT, que já havia indiciado Marcelo Carvalho em inquérito policial por homicídio e estupro, o autuou em flagrante pelo assassinato de Milton Bispo. Ele permanece à disposição da Justiça na carceragem da delegacia.
Composta por oito criminosos, a quadrilha de “Galego” atua no tráfico e costuma assassinar integrantes de bandos rivais e usuários que acumulam dívidas de droga. Segundo o delegado Bruno Oliveira, quatro comparsas tiveram a prisão preventiva decretada. Dois deles já estavam sendo procurados pela Delegacia Territorial (DT) de Candeias.

Leia outras notícias
27/08/2006 Apreendidos adolescentes com drogas e revólver 38
27/08/2006 Assaltante morto em Vitória da Conquista
27/08/2006 Polícia Civil ganha mais vinte novas viaturas
26/08/2006 Dupla de assaltantes é presa em São Francisco do Conde
26/08/2006 Solucionado homicídio ocorrido em Porto Seguro
  (+) ver mais