DELEGACIA DIGITAL
ANTECEDENTES CRIMINAIS
Emita aqui o seu Certificado
INTRANET PC
Acesso à intranet da Polícia Civil
BUSCAR DELEGACIAS
Saiba onde registrar sua ocorrência policial
Disque DENÚNCIA
Notícias
Pesquisa vai ouvir policiais no Carnaval

Os 24 mil profissionais da segurança pública, que vão garantir a paz nos seis dias de folia em todo o estado, terão este ano ao seu dispor a oportunidade de informar o que pode ser melhorado nos campos de trabalho nos circuitos. Através de uma pesquisa disponível no endereço http://carnaval.sspba.intranet/, o servidor poderá ter acesso as perguntas acessando de um dos postos de trabalho do circuito, a partir das 19h, da quinta-feira (7).
A Secretaria da Segurança Pública, através da Câmara Integrada de Supervisão Operacional (Ciso), quer saber a opinião do servidor policial sobre a estrutura oferecida nos postos de atuação, as condições de trabalho, a qualidade da alimentação oferecida, dentre outras questões que possam ser ajustadas até o plantão posterior.
Para quem preferir participar da pesquisa de casa, o endereço para ter acesso é o pesquisaunificada.ssp.ba.gov.br . Além da pesquisa online, equipes da Superintendência de Gestão Integrada da Ação Policial, compostas por 32 pesquisadores, irão visitar 23 unidades de policiamento, entre elas as centrais de flagrantes e postos de policiamento integrado, para acompanhar o dia-a-dia dos policiais e registrar o que pode ser aperfeiçoado.
Os relatórios dos pesquisadores serão apresentados à Ciso, ao final de cada plantão, para adoção de providências já no plantão seguinte. “Os policiais são os profissionais mais próximos do folião e a SSP quer lhes oferecer o que há de melhor na estrutura de trabalho”, explicou a chefe de gabinete e coordenadora-geral da Ciso, delegada Emília Margarida Blanco.
A iniciativa já era feita em outros carnavais, mas não ganhou adesão integral dos policiais e por este motivo sofreu alterações e está mais detalhada este ano. Para participar da pesquisa o servidor policial não precisa se identificar, mas a chefe de gabinete lembra que a identificação facilita o retorno direto sobre as providências tomadas. “A pesquisa é realizada justamente para ouvir o policial e saber quais as principais necessidades apontadas por ele”, pontuou Blanco.
Oferecida aos profissionais das policiais Militar e Civil e Técnica, dentre outros assuntos, a pesquisa pretende ouvir questões relativas a espaço físico dos locais de trabalho, aos serviços e equipamentos oferecidos, ao treinamento e desenvolvimento de competências, ao nível de satisfação dos colaboradores, a logística disponível e a comunicação entre os servidores.
Para ter acesso às perguntas, basta o servidor entrar no site e preencher os campos login (onde o servidor deverá informar o número de matrícula) e senha, que será universal (123456). Depois de logado, o policial receberá dicas para o preenchimento das perguntas, que variam a depender do local de atuação de cada profissional. Além de acessar a pesquisa através dos computadores dos postos de trabalho, o servidor também pode fazê-lo de casa.
Se você é policial e está acessando de uma das unidades policiais instaladas ao longo dos circuitos e quer responder agora a pesquisa http://carnaval.sspba.intranet/.
Caso esteja acessando de casa e que participar agora, pesquisaunificada.ssp.ba.gov.br.
Leia outras notícias
27/08/2006 Apreendidos adolescentes com drogas e revólver 38
27/08/2006 Assaltante morto em Vitória da Conquista
27/08/2006 Polícia Civil ganha mais vinte novas viaturas
26/08/2006 Dupla de assaltantes é presa em São Francisco do Conde
26/08/2006 Solucionado homicídio ocorrido em Porto Seguro
  (+) ver mais